sábado, 11 de fevereiro de 2012

HIPOCRISIA E MEIO AMBIENTE

No dia em que ouvi que os supermercados não iriam mais dar as sacolas plásticas para os clientes, eu não acreditei.

Fiquei mais surpreso ainda com a justificativa que envolvia questões de preservação do meio ambiente. Trata-se de um "acordo" com o Governo do Estado que se chama "VAMOS TIRAR O PLANETA DO SUFOCO".

Por que a população tem que arcar sozinha com o ônus deste "acordo" entre os supermercados e o governo? Benefícios para o meio ambiente? Será? Qual a porcentagem disto em relação ao todo? Foi feito algum estudo sério (e não tendencioso) sobre isto?

Na minha opinião isto é pura hipocrisia! O meio ambiente é realmente o maior beneficiado com isto ou existem outros beneficiados?

Se o governo e os supermercados quisessem fazer algo de real e efetivo pela natureza, poderiam fazê-lo de muitas outras maneiras.

O que o governo precisa fazer, é levar a sério o combate à corrupção, fiscalizar+autuar+fechar as empresas que poluem, tirar das estradas caminhões e ônibus que poluem, dar mais recurso humano e condições de trabalho para aqueles que fiscalizam principalmete a zona da Mata Atlântica do Estado, investir efetivamente em ferrovias e hidrovias, investir em reciclagem de lixo, fiscalizar com seriedade os portos de areia, e mais um monte de outras coisas. Eu não vejo nada disto acontecer em grande escala. Alguém vê ou ouve falar algo sobre isto?

Sobre a poluição causada pelas sacolas plásticas, realmente existe e é algo complicado de se resolver. Contudo, se a população não usar sacolas plásticas de supermercados para jogar o lixo fora, vão usar um outro saco plástico e a poluição continuará do mesmo jeito. As pessoas que não têm educação, continuarão a jogar lixo nas ruas, rios, praias; quer sejam sacolas plásticas, garrafas, ou qualquer outra coisa que seja.

Praticamente em todos os lugares do mundo, se você vai a um supermercado, você tem uma sacola para poder levar suas compras para casa. Agora, no Estado de São Paulo, começou esta palhaçada de você ter que trazer sacolas de casa ou pagar pelas sacolas.

Li em uma reportagem na Internet que: "O Procon de Campinas esclarece que os supermercados podem substituir as sacolas plásticas, desde que ofereçam ao consumidor outras opções, GRATUITAS, para que eles acomodem e transportem suas compras". Caso isto não esteja ocorrendo, não deixe de fazer uma denúncia ao Procon.

É claro que não é de hoje que o consumidor paga pelas sacolas de supermercado. Antes, o preço delas já estava "embutido" no preço das mercadorias.

Enfim, fica aqui meu protesto contra isto que está sendo feito contra os consumidores, e embora seja algo de baixa relevância, mais uma vez chamo a atenção da população brasileira para o fato de permitir e aceitar passivamente que governo e empresas façam o que bem entendem.

Para aqueles que ao lerem isto e acham que não me importo com o meio ambiente, não se enganem... Ainda irão ler muita coisa em favor do meio ambiente aqui neste blog.

Para o Governo do Estado, ao invés de ficar fazendo estes acordos "estranhos", além das sugestões que dei acima para ajudar na preservação do meio ambiente, gostaria de sugerir também campanhas e acordos do tipo: "VAMOS TIRAR OS POBRES DO SUFOCO", "VAMOS COLOCAR OS CORRUPTOS (especialmente os políticos) NA CADEIA", "VAMOS DAR MELHORES CONDIÇÕES DE SAÚDE E EDUCAÇÃO PARA A POPULAÇÃO", "VAMOS ACABAR COM A FOME E COM A MISÉRIA".

Por que a população não vê resultados "abundantes" e efetivos nisto?

Nenhum comentário: