domingo, 16 de novembro de 2014

UBATUBA VERÃO - POPULAÇÃO SE PREPARA PARA OS TRANSTORNOS DO TURISMO PREDATÓRIO

Ubatuba Verão : Mais uma vez, a população de Ubatuba (SP) se prepara para outra temporada de turismo predatório e suas consequências.

Preços exorbitantes, filas intermináveis, falta de água, poluição por todos os lados (principalmente nas praias), além de turistas mal educados e sem qualquer noção do que venha a ser regras de boa convivência (limites), fazem da vida do morador de Ubatuba um verdadeiro inferno.

Felizmente já estão aparecendo nas redes sociais, por parte dos moradores de Ubatuba, diversas manifestações contra os maus turistas. Contudo, estas manifestações precisam sair da Internet e ir para as ruas, para mostrar aos turistas que existe um limite para a "curtição".

Adicionalmente, Prefeitura e demais autoridades precisam perceber que tolerância excessiva se transforma em conivência, e precisam ainda tomar ações efetivas para coibir as atitudes inadequadas dos maus turistas.

O pensamento de que "vale-tudo" para atrair os turistas (otários) para que gastem no comércio local, precisa ser revisto.

Ubatuba não precisa de maus turistas, que por sinal, pouco ou nada trazem de benefício financeiro para a cidade, e ainda afugentam os turistas que realmente podem trazer algum benefício.

A balneabilidade das praias é comprometida pelo excesso de lixo, esgoto (em alguns locais) e ainda por permanência de cães na praia.

Lixo no fim do dia na Praia da Maranduba

Lixo no fim do dia na Praia da Maranduba

Por exemplo, na Praia do Sapê os donos levam seus cães para a areia, e como não se vê fiscalização no local, é possível encontrar com frequência os excrementos dos animais pela orla da praia. Acho que não preciso nem falar do risco sanitário para os frequentadores da praia.

Cachorro solto na Praia do Sapê

No último dia 12/11/2014 vi uma reportagem em um jornal da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte, dizendo que passar o Réveillon 2015 em Ubatuba e em alguns lugares no Litoral Norte de São Paulo, custa mais caro que viajar para a Europa.

Já faz alguns anos, uma das mais importantes revistas brasileiras fez uma comparação entre custo e benefício de viagens para cidades turísticas em época de temporada de férias, e Ubatuba ganhou como a mais cara, em relação ao tempo de sol que oferecia, já que nesta época normalmente chove muito em Ubatuba. Contudo, para os turistas "sem noção", chover ou não chover não faz diferença, já que o que eles querem é estar lá, não importa como.

Ubatuba já foi um lugar turístico excelente, mas infelizmente, por causa dos maus turistas, do turismo predatório e da inércia daqueles que deveriam tomar atitudes efetivas, está perdendo este status.

Cabe à população local e autoridades, trazer de volta esta condição.

Durante toda a temporada do verão de 2015, serão publicadas mais informações sobre as consequências que o turismo predatório está trazendo para Ubatuba e outras cidades do Litoral Norte Paulista.

Nenhum comentário: