quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

DENÚNCIA : O GOLPE DA FALSA VAGA DE EMPREGO NO EXTERIOR

Eu já havia publicado um texto há alguns anos falando sobre o golpe da falsa vaga de emprego que ainda é muito aplicado no Brasil (clique no link a seguir para ler o artigo http://tudoqueseiequenadasei.blogspot.com/2009/02/denuncia-o-golpe-da-vaga-de-emprego.html).

Hoje vou contar sobre o golpe da falsa vaga de emprego no exterior.

Recebi um convite por e-mail para participar de um processo seletivo para trabalhar em uma empresa alemã de cruzeiros marítimos. Anexados ao e-mail estavam diversos formulários eletrônicos com o logotipo da empresa, o que ajuda a dar uma certa credibilidade à farsa. Tudo escrito em inglês.

Desconfiei de uma série de detalhes que havia no e-mail, e entrei em contato diretamente com a empresa. Eles me informaram que a vaga era falsa, e me passaram informações completas de um golpe que está sendo aplicado em larga escala na Europa e Estados Unidos.

Deixo aqui alguns indícios para que você possa usa-los para identificar este golpe:

1-) Existem erros, em alguns casos até grosseiros, de gramática ou ortografia inglesa.

2-) O endereço de e-mail do remetente não pertence ao domínio de internet da empresa que supostamente está contratando. A mensagem é enviada através de um provedor de e-mail gratuito pouco conhecido.

3-) Normalmente as mensagens enviadas à você expressam uma grande urgência para lhe contratar. O seu currículo é 100% compatível com a vaga e você é muito elogiado pelo falso selecionador.

4-) O falso selecionador chega a ligar algumas vezes para você, com a intenção de fazer uma “entrevista” por telefone.

5-) O salário oferecido é na maioria das vezes superior ao que está sendo oferecido pelo mercado.

Onde está o golpe em tudo isto?

A etapa final do processo seletivo consiste em pedir que você viaje o mais rápido possível ao país de origem da empresa para assinar seu “contrato de trabalho”.

Por conta de toda esta “urgência”, a "empresa" que está lhe contratando informa que não teve tempo hábil para providenciar o dinheiro para sua viagem, e pede que você viaje por sua conta, mas garante que assim que você chegar ao destino, será reembolsado.

O falso selecionador lhe passa as informações de contato de uma agência de viagens que vai lhe fornecer as passagens e estadia no hotel. Tudo isto deverá ser pago por você com seu cartão de crédito internacional.

A agência de viagens chega até a enviar para você os “e-tickets” das passagens aéreas e o “voucher” do hotel. Tudo é falso, inclusive a própria agência de viagens.

Algumas pessoas descobrem antecipadamente que foram enganadas, pois antes de viajar tentam confirmar a reserva no hotel ou fazer o “check-in” antecipado no site das companhias aéreas, e se dão conta que nada daquilo existe. Outros só descobrem a farsa no momento em que estão na frente do guichê de embarque no aeroporto.

Em qualquer processo seletivo, tanto no Brasil quanto no exterior, se pedirem dinheiro para você, independente da forma que seja, “caia fora”.

( Texto : Wilson Luiz Negrini de Carvalho )

Nenhum comentário: