segunda-feira, 26 de outubro de 2009

AUTO-RETRATO

Nunca fui como todos.

Nunca tive muitos amigos.

Nunca fui favorito.

Nunca fui o que meus pais queriam.

Nunca tive alguém que amasse.

Mas tive somente a mim,

A minha absoluta verdade,

Meu verdadeiro pensamento,

O meu conforto nas horas de sofrimento.

Não vivo sozinho porque gosto, e sim porque aprendi a ser só...
( Texto: Florbela Espanca )

Nenhum comentário: