sábado, 8 de janeiro de 2011

TESOUROS DA VIDA

Nossa colega Ida, do grupo do Life, enviou uma apresentação com uma mensagem que fala sobre valorizar as coisas boas da vida. Fiz uma pequena mudança no texto e estou colocando-o aqui:

O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o senhor tão bem conhece, poderá redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

“Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os Pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeiro. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranqüila das tardes, na varanda”.

Meses depois, o poeta encontra-se com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem pensei mais nisso. - disse o homem. - Quando li o anúncio percebi a maravilha que tinha!

Às vezes não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe, atrás da miragem de falsos tesouros. Valorize o que tem, as pessoas e os momentos…

Sempre vemos pessoas abrindo mão dos filhos, da família, do cônjuge, dos amigos, da profissão, do conhecimento acumulado durante anos de vida, da boa saúde, das belezas da vida.

"Jogam pela janela", aquilo que Deus lhes deu com tanta graça, e que em anos foi cultivado com garra.

Olhe a sua volta e valorize o que tem.

Não adianta fazer um carinho naqueles que amamos, depois que morreram.

Não adianta querer reaver trabalhos que negligenciamos.

O melhor a fazer é valorizar isso agora.

2 comentários:

luciana disse...

Will, maravilhoso.. é sempre assim só damos valor a tudo, depois que perdemos.... Beijos

Tuis disse...

O bom é que alguns "acordam" antes.

Beijos e boa semana.