domingo, 14 de março de 2010

ETERNO


Recebi de minha amiga Denize, do Orkut, um texto muito legal, que coloco aqui. Seu autor é desconhecido por mim.

"Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.

Um dia descobrimos, que beijar uma pessoa para esquecer outra é bobagem. Você não esquece a outra pessoa, como pensa muito mais nela.

Um dia descobrimos, que se apaixonar é inevitável.

Um dia percebemos, que as melhores provas de amor são as mais simples.

Um dia percebemos, que o comum não nos atrai.

Um dia saberemos, que ser classificado como o "bonzinho" não é bom.

Um dia perceberemos, que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você.

Um dia percebemos, que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso.

Um dia percebemos, como aquele amigo faz falta, mas aí já é tarde demais.

Enfim, um dia descobrimos, que apesar de viver quase um século, esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem que ser dito.

O jeito é : Ou nos conformamos com a falta de algumas coisas em nossa vida, ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras.

Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação..."

( Foto : Wilson Luiz Negrini de Carvalho )

Um comentário:

Grazielli disse...

adorei !! reflete bem o que estou vivendo nos últimos tempos...

e a parte do "beijar uma pessoa para esquecer outra", realmente só faz a gente pensar ainda mais em quem a gente quer esquecer....