domingo, 15 de agosto de 2010

AS QUATRO LEIS

Minha mãe enviou-me uma apresentação muito bacana, que fala sobre as quatro leis da espiritualidade, ensinadas na Índia:

1ª) A PESSOA QUE VEM É A PESSOA CERTA

Significa que ninguém está em nossa vida por acaso.

Todas as pessoas ao nosso redor estão interagindo conosco.

Há sempre algo que nos faz aprender e avançar em cada situação.


2ª) ACONTECEU A ÚNICA COISA QUE PODERIA TER ACONTECIDO

Nada, absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe.

Não há nenhum "se eu tivesse feito tal coisa..., aconteceu que um outro...".

O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos alguma lição e seguirmos em frente.

Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas.


3ª)TODA VEZ QUE VOCÊ INICIAR É O MOMENTO CERTO

Tudo começa na hora certa: nem antes, nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é o momento em que as coisas acontecem.


4ª) QUANDO ALGO TERMINA, ACABA REALMENTE

Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas foi para a nossa evolução, por isso, é melhor seguirmos em frente e nos enriquecermos com cada experiência.

4 comentários:

Iara disse...

Olá Wilson...parabéns pela postagem! Não é fácil se ter essa compreensão mas o tempo é um mestre e mos "ensaios e erros" vamos aprendendo que está tudo certo, tal como dois e dois são quatro.
um abraço fraterno

Tuis disse...

Bom dia Iara,

Obrigado pelo comentário. Realmente não é nada fácil aceitarmos positivamente quando algo não ocorre como nós gostaríamos.

Contudo, é como você disse, o tempo é um mestre.

Abraço.

Lunagrim disse...

WIL muito bacana mesmo. Eu lembro que recebí esse email das Quatro Leis e simplesmente adorei...e veio num momento em que eu precisava ouvir exatamente essas palavras. Estou gostando de acompanhar seu blog, muito inteligente, muito light. Seus comentários são bem pertinentes e bons de ler. um forte abraço. Marcia (do Curso do Zé)

Tuis disse...

Boa noite Marcia,

Obrigado pelo comentário.

Às vezes um simples texto provoca uma grande mudança em nossa percepção.

Abraço.